Consentimento informado e supressores de puberdade para jovens transgêneros

Matteo Badini/ Unsplash.

Sobre exigir “consentimento informado” para jovens menores de idade acessarem bloqueadores de puberdade — assumindo que menores de idade não são capazes de declarar consentimento, então não poderiam acessar esse recurso tão importante no interior de cuidados afirmativos de gênero.

Se as crianças não podem consentir com o uso dos bloqueadores da puberdade que interrompem quaisquer mudanças permanentes mesmo com a avaliação profissional pertinente, como podem consentir com as mudanças permanentes e irreversíveis que vêm com a sua própria puberdade sem qualquer avaliação profissional? Esta é literalmente uma posição em que mudanças permanentes estão bem, contanto que você não seja trans.
A incapacidade de oferecer consentimento informado ou compreender as consequências a longo prazo é, na verdade, um argumento para colocar cada pessoa cis e trans em bloqueadores de puberdade até que adquiram essa habilidade.

Transfeminista e analista de discurso, pesquisa o campo de cuidado com a saúde e direitos coletivos para a população trans.

Transfeminista e analista de discurso, pesquisa o campo de cuidado com a saúde e direitos coletivos para a população trans.